quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

Nossa escolha



Porque para mim o viver é Cristo, e o morrer é ganho. Mas, se o viver na carne me der fruto da minha obra, não sei, então, o que deva escolher. Mas de ambos os lados estou em aperto, tendo desejo de partir e estar com Cristo, porque isto é ainda muito melhor. Mas julgo mais necessário, por amor de vós, ficar na carne. E, tendo esta confiança, sei que ficarei e permanecerei com todos vós para pro­veito vosso e gozo da fé. FILIPENSES 1.21-25
Paulo está falando aqui a respeito da morte física. Natu­ralmente, o verdadeiro Paulo, seu homem interior, não iria morrer. Ao contrário, iria continuar vivo, quer partindo para estar com Cristo, quer permanecendo na carne.
O autor de Filipenses disse que ainda não havia feito a sua escolha. Ele disse: Mas de ambos os lados estou em aperto, tendo desejo de partir e estar com Cristo,porque isto e ainda muito melhor (Fp 1.23). Se Paulo tivesse meramente dito que seria melhor, isso já seria maravilhoso, mas ele disse que é muito melhor. Disse, no entanto: Mas julgo mais necessário, por amor de vós, ficar na carne (Fp 1.24). Se Paulo estivesse presente na carne, poderia ensinar a essas pessoas e ministrar-lhes a Palavra. Para elas, isso era mais necessário.
Note que é Paulo quem faz a escolha. Ele não disse: "Vou deixar o assunto por conta de Deus e, seja o que for que Deus escolher, aceitarei". Posto que Deus nos permitiu fazer esco­lhas, quando tiramos esse assunto das nossas mãos, acabamos por colocá-lo nas de Satanás, deixando que ele nos domine. Temos mais responsabilidades do que pensávamos quando se trata de decidir se viveremos ou morreremos!

segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

O amor que devemos aprender, 1 Cor 13



Em João 3:16 a Bíblia nos mostra o tão grande amor do nosso Deus quando diz: "Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o Seu Filho..."

Existe maior amor do que este? Encontramos também este amor expresso em I Coríntios 13:4-7 . Um casamento fundamentado no AMOR  pode sobreviver a qualquer tipo de tempestade, desencontros, desavenças, etc.

Se alicerçamos nosso casamento no AMOR de Deus, a palavra de Deus se torna realidade quando Ele diz: "o amor nunca acaba". Certamente este tipo de amor precisa ser aprendido e esta aprendizagem exige muito esforço e conhecimento.

Todos precisamos aprender a amar. Mas, para que um casamento seja feliz é necessário existir estes esse tipo de amor.

O amor que devemos aprender, 1 Cor 13

Em I Coríntios 13:4-7, a Bíblia nos fala sobre o amor. Ela diz que: "O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não trata com leviandade, não se ensoberbece. Não se porta com indecência, não busca os seus interesses, não se irrita, não suspeita mal; não folga com a injustiça, mas folga com a verdade; tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta."

Em I Coríntios 13:4-7, Deus nos mostra as 15 características do amor que eu e você devemos expressar em nossas vidas:

1. A Bíblia nos diz primeiramente que o amor é SOFREDOR. Se tenho dentro de mim esta qualidade de amar alguém, então custo a ficar zangada, nunca levanto a voz ou perco a calma.

2. Em seguida, aprendemos que o amor é BENIGNO. Se tenho esta tão preciosa característica, então sou uma pessoa bondosa e criativa em pôr minha benignidade em prática. Procuro sempre elogiar em vez de criticar. Vejo sempre, na outra pessoa, algo positivo.

3. A Bíblia nos ensina também que o amor NÃO É INVEJOSO. Se possuo este tipo de amor, não fico com ciúmes quando a outra pessoa tem, por exemplo, um emprego melhor do que o meu; não fico insegura se a outra pessoa é mais capacitada ou mais atraente do que eu.

4. O amor NÃO TRATA COM LEVIANDADE. Se realmente amo, como digo, então não procuro ser o centro das atenções nas conversas, nem me gabo das minhas habilidades, fazendo com que meu noivo ou marido se sinta inferior ou deixado de lado.

5. A Bíblia continua dizendo que o amor NÃO SE ENSOBERBECE. Se tenho este tipo de amor, então não sou orgulhosa, nem arrogante diante da pessoa que amo. Não espero ser bajulada para fazer o que é de minha responsabilidade. Não procuro fama para mim mesma.

6. O amor NÃO SE PORTA COM INDECÊNCIA. Com esta outra característica do amor, não sou grosseira para com a pessoa que amo. Não sou sarcástica nem crítica. Procuro, cada vez mais, demonstrar meu amor com cortesia.

7. Na Palavra de Deus vemos também que o amor NÃO BUSCA OS SEUS INTERESSES. Este tipo de amor não é "auto-centralizado" mas "outro-centralizado". Não me centralizo nem focalizo em mim, mas sim naquele a quem amo, buscando seu bem eterno, suas necessidades reais-eternas. Estou sempre procurando descobrir os interesses dele. Não sou possessiva com aquela pessoa que amo, não vivo exigindo os meus direitos e querendo que faça a minha vontade.

8. Aprendemos ainda que o amor NÃO SE IRRITA. Se amo, não me exaspero, nem fico facilmente amargurada. Se amo não procuro ficar sempre na defensiva, nem sou super- sensível.

9. O amor NÃO SUSPEITA MAL. Se amo verdadeiramente, tenho que demonstrar que, de todo meu coração, confio em quem amo e tenho dentro de mim a capacidade de perdoar. Não procuro me vingar pagando o mal com o mal.

10. A Bíblia nos diz que o amor NÃO FOLGA COM A INJUSTIÇA. Com este amor na minha vida, nunca vou me regozijar quando a pessoa que amo falha, nem quando recebe a justa punição, muito menos quando recebe injustiça, seja ela pequena ou grande.

11. O amor FOLGA COM A VERDADE. Se é só a pessoa que amo que recebe o elogio ou recompensa que em parte também caberia a mim, eu assim mesmo me alegro.

12. Deus nos ensina que o amor TUDO SOFRE. Se amo, sou capaz de suportar qualquer tipo de provação ou angústia pelo bem daquele a quem amo.


13. O amor TUDO CRÊ. Com este amor, confio na pessoa que amo. Creio nela e no seu valor diante de Deus.

14. O amor TUDO ESPERA. Se estou realmente amando, creio que Deus está agindo na vida da pessoa que amo, trabalhando e moldando como o oleiro faz com o barro. Nunca desanimo.

15. O amor TUDO SUPORTA. Pela pessoa que amo sou capaz de tudo suportar. Não fico desanimada, nem triste.

Finalmente, podemos dizer que o AMOR ÁGAPE é aquele amor que se dá e se sacrifica pelo mais alto bem da outra pessoa. Tal sublime amor prático é completamente abnegado, ou seja, busca o que é melhor para aquele que ama. O AMOR ÁGAPE também é dedicado, ou seja, continua amando aconteça o que acontecer.

Um excelente treinamento para o casamento: "Mostre amor pelas pessoas da sua família. Lembre-se que você não tem que esperar até 'sentir' amor. Aja agora e procure amá-las.

segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

O que é casamento?



  Para começar, é uma formação de uma unidade, quando dois corações se tornam um.
         É convívio e amizade, é estarem juntos, fazerem atividades juntos e gostarem disso.
         Casamento é compreensão, é fazer vista grossa as falhas do outro.
         É ter consideração total - em relação ao tempo, a sentimentos e as preferências da outra pessoa.
         Casamento é cuidar do outro e se preocupar com ele. É se desdobrar para ter certeza que a outra pessoa está bem.
         Casamento é gentileza.
         É dizer palavras ternas e as traduzir em ações.
         Casamento é apoiar.
         É estar junto da pessoa amada em seus empreendimentos e projetos, nos momentos bons e ruins.
         É dar apoio geral, tanto moral quanto físico e através de oração.
         É animar a pessoa a perseverar e incentivá-lo para ele não sentir-se por baixo.
         Casamento é cuvar-se para levantar o cônjuge, e ser forte quando o outro é fraco.
         O casamento é comunicação sincera, é ser franco é estar disposto a ter, humildade de abrir o coração e revelar os seus pensamentos mais íntimos.
         Ser casado é conversar, orar, discutir e chegar a um acordo.
         É não deixar as coisas se acumularem, isolando a outra pessoa dos fatos, mais é dar um jeito e criar soluções.
         É ter bom humor, relaxar juntos e desfrutar da companhia um do outro.
         Descobrir um ao outro, se conhecer mutuamente e tomar conhecimento de todas as coisas divertidas que dizem e fazem.
         Casamento é respeitar, ter fé em deus e acreditar no outro, é aceitar a outra pessoa pelo que ela é entender que você não estar completo sem a sua outra metade.

CONFIA EM MIM



Por que te agitas e confundes pelos problemas que te trazem a vida?
Deixa-me controlar todas tuas coisas e irão tornando-se melhores.
Quando te entregares totalmente a mim, todas as coisas serão resolvidas com tranqüilidade, de acordo com meus planos.
E voz disso, feche os olhos de tua alma e com paz diga-me: “JESUS EU CONFIO EM TE”.
Trate de evitar esses pensamentos que te angustiam ao querer compreender as coisas que te passam.
Não arruínes meus planos tratando de impor tuas idéias deixa-me ser teu Deus e atuarei livremente em tua vida.
Entrega-te a mim com completa confiança e deixa teu futuro em minhas mãos.
Diga-me freqüentemente: “JESUS EU CONFIO EM TE”.
O que mais lastimas é quando tratas de analisar tudo de acordo com teus pensamentos, tentas resolver teus problemas a tua maneira.
Quando me disseres:
‘JESUS EU CONFIO EM TE”, não sejas como paciente que diz ao médico: ”cura-me”, mas sugere “melhor” forma de fazê-lo, não tenhas medo, eu te amo.
Se vês que as coisas se tornam piores ou mais complicadas, ainda quando tu estás orando mantenha-te confiante em mim, fecha os olhos de tua alma, e continua dizendo a cada hora: “JESUS EU CONFIO EM TE”.
Confia em mim e descansa em mim, entrega-te a mim.
Eu faço milagres na medida em que tu te entregas a mim e de acordo com a fé a que me tens.   
Assim não te preocupes, dá-me todas tuas frustrações e dorme em paz, e sempre diga-me: “JESUS EU CONFIO EM TE”, e veras grandes milagres.
Te prometo com todo meu amor.

Jesus
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...